Conheça a história da cervejaria Rogue

14/03/2016 - Cervejarias

514 visualizações

Conheça a história da cervejaria Rogue

Ana Paula Komar
Jornalista, apaixonada por história, curiosa por culturas e apreciadora de boas cervejas!

É impossível negar: a Rogue é uma das marcas queridinhas dos apaixonados por cerveja especial. Fundada em 1988, como uma cervejaria e pub, na cidade de Ashland, no Oregon, EUA, essa brilhante cervejaria detém diversos prêmios mundiais e uma lista de cervejas incomparáveis. As primeiras criações da Cervejaria Rogue foram uma American Amber e a Oregon Golden.

A cidade de Newport foi a escolhida para receber o segundo Pub da Rogue. Andando pela cidade, um de seus fundadores foi atingido por uma grande nevasca e recebeu abrigo de uma senhora, chamada Mohava Niemi. Dona do famoso restaurante, Mo’s Restaurant, ela revelou seu sonho de ter um bar embaixo da sua casa. Exigiu duas coisas: ajuda aos pescadores da cidade e, que deixassem uma foto dela para sempre no bar. Não só a foto está no Bar da Rogue ate hoje, como também criaram a cerveja Mom, em sua homenagem.

As cervejas Rogue

cerveja-rogue-mom

Suas cervejas são constantemente descritas como “fora do comum” e “cheias de sabor e aroma”. Não é à toa que, pouco tempo após sua abertura, a Cervejaria Rogue já contava com 2 pubs exclusivos da marca.

Se o ditado diz que “nem só de cerveja vive o homem”, a Rogue resolveu adotar a ideia como um norte para sua produção, passando a produzir também outras bebidas, como sidras, bebidas derivadas do hidromel e drinks.

A cervejaria tem uma alta rotatividade na sua produção dos rótulos Rogue. Mais de 50 já foram fabricados, sendo que alguns deles são fixos, enquanto outros são sazonais e, em alguns casos, as cervejas são edições especiais e exclusivas. Ou seja: a inovação cervejeira é frequente!

Curiosidades das cervejas Rogue

rogue-beard-beer

Para deixar suas cervejas ainda mais saborosas, a Rogue possui uma fazenda própria para produzir seus insumos, com isso podem produzir uma autêntica cerveja orgânica, com a produção e o reaproveitamento de água, assim como da energia utilizada na fábrica.

Uma de suas criações mais inusitadas é a cerveja Beard Beer. Ela foi criada por seu, ousado cervejeiro, John Maier. Ele utilizou na receita, leveduras de sua própria barba. Calma! O processo foi realizado em laboratório, onde isolaram as leveduras da barba e depois a reproduziram para ser utilizada na produção da cerveja. As leveduras estão presentes em todos os lugares, porém alguns são, um tanto quanto, incomuns e novos para se utilizar em receitas de cerveja.

Por mérito dele, é que a Rogue possui cervejas com pimenta chipotle, abóbora, bacon, limão e uma combinação pra lá de estranha de pasta de amendoim, Chocolate, e Banana.

Suas criações sempre buscam a perfeição e a singularidade, o que torna essa marca apaixonante e reveladora e suas cervejas especiais. Com os rótulos da Rogue, os apreciadores de boas cervejas podem descobrir sabores que nunca tinham imaginado!

Fonte imagens: Bier Design, Mucha Breja

Deixe uma resposta