Copos para cerveja – Conheça os 10 principais

23/03/2017 - Curiosidades

14.793 visualizações

Copos para cerveja – Conheça os 10 principais

Ana Paula Komar
Jornalista, apaixonada por história, curiosa por culturas e apreciadora de boas cervejas!

O copo é um dos pontos muitas vezes negligenciados, mas que fazem toda a diferença na hora da degustação de cerveja. Preparamos esse posts para você saber mais sobre a importância do copo ideal na degustação de cerveja e ainda uma listinha básica com os 10 principais copos para cerveja.

Na antiguidade, era comum beber cerveja em canecas de cerâmica. Elas não possibilitavam a apreciação de aspectos importantes da bebida, como cor, transparência e espuma. Somente no século XVIII, com o surgimento das indústrias de vidro, é que as taças e copos se tornaram populares entre os apreciadores de cerveja.

Com o passar do tempo, as cervejarias passaram a indicar os copos para cerveja, ideal para cada estilo,o que ajuda a valorizar as características e qualidades da cerveja. Muito mais do que um aspecto técnico para a apreciação da bebida, os copos também se tornaram objeto de desejo dos consumidores. Qual apaixonado por cerveja não é, também, apaixonado pelos copos da bebida?

Para que combinem com os mais variados tipos de cerveja, são inúmeros os formatos das taças e copos. Mas, mais do que uma boa apresentação, eles podem influenciar consideravelmente no visual e aroma da cerveja.

Cada um dos copos para cerveja realça atributos diferentes. O material, peso, espessura da borda, formato e transparência são fundamentais para garantir uma bela apresentação visual e valorizar, acima de tudo, os aspectos sensoriais da bebida.

Os 10 principais copos para cerveja

copos-para-cervejaPint – Considerado na verdade uma unidade de medida, um Pint equivale a 568 ml na Inglaterra e 473 ml nos Estados Unidos. No Reino Unido a palavra pint é usada em bares para se pedir uma cerveja. Por esse costume os copos foram padronizados e consequentemente identificados como Pint. O Copo Pint possui a base mais estreita que a boca e alargamento logo abaixo da abertura. É o modelo mais popular nos pubs europeus por permitir beber vários tipos de cerveja e em grande quantidade.

copos-para-cervejaWeizen – É tradicionalmente o copo mais indicado para cervejas de trigo, pois seu formato permite com que se destaque o elegante colarinho que se forma à medida que essas cervejas são servidas. Esse copo possui a boca grande, um estreitamento em direção à base e capacidade para compor uma garrafa de 500 ml de bebida e um bom espaço para a densa espuma, assim como manda a tradição das cervejas de trigo. É o copo ideal para evidenciar a concentração de aromas e espuma, presente nas Weissbier.

copos-para-cervejaMug ou Stein – canecas, Mugs em inglês, ou Stein em alemão, foram os primeiros recipientes utilizados para beber cerveja. São copos robustos, pesados, com alça e diferentes capacidades de armazenamento. Muito utilizado hoje em festivais de cervejas e festas alemãs, principalmente a Oktoberfest, alguns chegam a comportar até um litro de bebida

copos-para-cervejaTrapist – Tipicamente utilizados pelos mosteiros trapistas, esses copos são objetos de desejo nas rodas cervejeiras. Inspirados em taças de champanhe e muito semelhante ao bolleke, possuem boca larga e fundo raso. Essas características servem para valorizar ainda mais as cervejas frutadas e mais complexas, como é o caso das belgas especiais.

copos-para-cervejaTumbler – Esse é o modelo de copo é ideal para cervejas do tipo Witbier. Como essas cervejas não formam muito creme, não exigem que o copo tenha uma boca tão fechada. São copos que não possuem hastes, são de base plana e boca com diâmetro igual ou maior que a base. O Tumbler ficou conhecido como o copo tradicional da cerveja Hoeggarden, criado pelo cervejeiro belga Pierre Celis. Ele possui a face sextavada e capacidade para 500 ml de bebida.


copos-par-cervejaGoblet –
O Goblet é o copo ideal para apreciar uma cerveja encorpada, como as belgas, de formulações complexas. Geralmente são copos mais trabalhados, com detalhes em alto relevo e uma grande variação nos modelos. Alguns são altos, outros com borda dourada ou prateada e há também os que são trabalhados a mão. Alguns ainda possuem uma técnica de entalhe no fundo, formando um ponto de nucleação de dióxido de carbono, que permite a formação constante de espuma.

copos-para-cervejaBolleke – Esse copo é uma variação do tradicional Goblet, mas com uma forma mais robusta e boca mais larga para valorizar os aromas presentes nas cervejas. Foi usado pela primeira vez pela cervejaria De Konick, da região da Antuérpia, na Bélgica. Ele ficou tão conhecido por essa cervejaria que pedir uma bolleke na Antuérpia significa pedir uma cerveja De Konick. Mas muitas outras cervejarias também adotaram o modelo. Uma delas é a também belga, Abadia Trapista Orval, que traz sua famosa marca impressa em um copo Bolleke.

copos-para-cervejaPokal – Esse é um dos copos mais comum e considerado o universal para degustação de cerveja. Sua forma favorece a preservação de espuma, o aspecto transparente e brilhante da cerveja e também a saída de perfumes a cada vez que se toma. Pode ser encontrado em diversas variações, mas sempre com uma haste de sustentação e um leve estreitamento da boca que retém os aromas de difícil percepção. Tornou-se popularmente conhecido, principalmente, pela sua elegância, que valoriza a cerveja. Mesmo sendo considerado o coringa para todos os estilos de cerveja, as mais indicadas para esse copo são as carbonatadas, claras ou escuras.

copos-para-cervejaStem – Têm formato semelhante ao Pokal, mas com as paredes mais retas e a boca ligeiramente mais larga que a base. São copos mais robustos para cervejas mais robustas. As do estilo Doppelbock, assim como as escuras, maltadas e de alto teor alcoólico, são as mais indicadas para serem apreciadas no copo Stem.

copos-para-cervejaLager – copo é um modelo bastante popular no Brasil e muito utilizado para servir cerveja Pilsen. Similar ao Weizen, porem com capacidade para apenas 250 ml ou 350 ml de líquido. Possui a base espessa e mais estreita do que sua boca, o que ajuda na formação e manutenção da espuma. É um copo que permite apreciar a clareza, transparência e efervescência características das Pilsen. Para manter o equilíbrio do copo, sua base geralmente é mais reforçada e pesada.

Além desse post temos um e-book todinho falando sobre copos para cerveja, que traz, fora esses, vários outros modelos, algumas curiosidades e várias dicas para usá-los corretamente e assim apreciar ainda mais o liquido sagrado. Confira!

E-book Grátis – Guia de Copos

Conheça neste e-book todos os copos de cerveja e a maneira certa de usá-los.

Baixe Aqui!

 

  • Eu achei simplesmente espetacular a ideia de fazer um e-book de copos para cerveja. Eu já imaginava que eles não eram iguais, até porque os aromas e sabores das Cervejas são diferentes. Sempre usei a taça ISO, mas agora passarei a prestar maia atenção no copo correto. E até no copo correto para harmonizar Cerveja e Cachaça, que é o que eu proponho no blog Brasil no Copo. Aliás, para quem possa se interessar, fizemos uma harmonização e um post com dicas para quem quer aprender mais sobre o assunto: http://www.brasilnocopo.com.br/segredo-harmonizar-cerveja-cachaca/ Agora achei um blog para me orientar. Parabéns pelo conteúdo!

Deixe uma resposta