A elegância e sofisticação de uma Bière Brut

16/12/2016 - Estilos de Cerveja

1.113 visualizações

A elegância e sofisticação de uma Bière Brut

Clube do Malte
Beba menos, beba melhor!

Com toda elegância e sofisticação que se mostra no copo, o estilo Bière Brut surgiu ainda no século XX, criada por ninguém menos, que os Belgas. Esse tipo de cerveja surgiu na cidade de Buggenhaut, a noroeste de Bruxelas, quando os belgas decidiram fazer, o que ninguém ainda havia feito, produzir cerveja pelo método champenoise.

O método champenoise é responsável por algumas outras características comuns ao estilo. A fermentação na garrafa produz uma alta carbonatação e uma sensação frisante, comparável à dos espumantes e que contribui para tornar o corpo mais leve. A levedura de espumantes pode contribuir com uma nova camada de complexidade aromática. A longa maturação em leveduras acentua ainda mais o perfil de características frutadas e florais, além de reduzir o amargor e o aroma do lúpulo. Por fim, o fato de a cerveja ser comercializada sem as leveduras na garrafa é muito relevante: em primeiro lugar, isso a torna totalmente brilhante e transparente, aumentando sua atratividade na taça.

Afinal, como é feita uma Bière Brut?

Nos exemplares típicos do estilo, a receita de base de uma Bière  é uma Tripel ou uma Belgian Golden Strong Ale, cervejas com alto teor alcoólico, mais secas e complexas em aromas, em especial os ésteres, os álcoois superiores e os fenóis, resultando em características frutadas, florais e de especiarias. É a opção perfeita para as comemorações de fim de ano.

  • É produzido uma cerveja dos estilos Tripel ou Strong Ale, que fica na cervejaria até a etapa de maturação.

  • Depois essa cerveja é envasada em garrafas de champanhe e para que haja uma segunda fermentação é adicionado extrato e fermento.

  • A terceira etapa é o processo de remuage. Esse processo consiste no acondicionamento das garrafas a 45º, com o pescoço para baixo, que são giradas manualmente por algumas semanas. Esse giro é feito até que a inclinação deixe a garrafa na vertical e o fermento concentrado no gargalo.

  • O dégorgement é o último processo, nele a remoção do fermento é feita através do congelamento do gargalo, que o expulsa pela própria pressão do recipiente.

O resultado deste estilo é uma cerveja leve, delicada, complexa, aromática, alta acidez e refrescante, paladar razoavelmente seco, leve, muito limpa, com uma leve picância do álcool e dos fenóis e sutis traços de envelhecimento. Este estilo é marcado pela elegância e delicadeza de como é produzido e das sensações que evoca, bastante diferente dos tradicionais estilos de cervejas maltadas ou lupuladas .

Harmoniza com: ostras, queijos especiais, peixes, lagosta e salada de folhas e frutas.

Deixe uma resposta