American IPA: conheça mais sobre o estilo que também já foi chamado de APA

03/05/2016 - Estilos de Cerveja

3.068 visualizações

American IPA: conheça mais sobre o estilo que também já foi chamado de APA

Henrique Cruz
Sommelier de Cervejas; Professor e Consultor; Cervejeiro Caseiro; Juiz BJCP;

Acredita-se que os americanos já vinham produzindo as American IPAs, porém nunca com essa denominação. Muitas vezes as American Pale Ale já tinham amargor e corpo suficiente para ser uma IPA, porém o estilo ainda não existia. O carácter de malte e principalmente os lúpulos utilizados diferencia as IPAS Americanas das Inglesas.

A primeira cervejaria a lançar uma cerveja do estilo American IPA foi a Anchor com a sua Anchor Liberty Ale. Produzida em 1975, utiliza uma carga pesada de lúpulos Cascade. Outras cervejas American IPA famosas são as Brooklyn American Ale, Flying Monkeys Hoptical Illusion e Morada Hop Arabica, que inclusive foi ganhadora da medalha de ouro no Festival Brasileiro da Cerveja (categoria Coffe-Flavored Beer) e considerada a melhor Ale Nacional na Enquete do Bob 2015.

Características do estilo American IPA

American-IPA

Impressão geral: Certamente uma cerveja lupulada e amarga, considerada como uma Strong Pale Ale, a presença de lúpulos do novo mundo e americanos é evidente, tanto no aroma quanto no sabor. Uma Ale limpa, pode apresentar caráter frutado da fermentação e uma leve presença de malte que ajuda a balancear a cerveja.

Aroma: intenso aroma de lúpulos do novo mundo e/ou variações americanas, versões com dry hop podem apresentar um leve gramíneo, que quando em excesso é considerada uma falha no estilo. Leve frutado da fermentação pode estar presente, a qualidade e perfil dos maltes devem estar em segundo plano, apenas dando suporte para a alta lupulagem.

Aparência: coloração varia de dourado a cobre, sempre brilhante e límpida, versões com dry hop ou não filtradas podem apresentar turbidez. Média formação e retenção de espuma de cor quase branca.

Sabor: sabor de lúpulo varia de médio alto a alto, seguindo o perfil dos aromas, lúpulos americanos que oferecem qualidades cítricas, frutadas e resinosas. A presença do malte é de média a baixa, apenas dando suporte para o lúpulo, um leve aroma de biscoito ou caramelo pode ser aceito, de final seco. Retrogosto deve se manter amargo, sem dulçor residual.

O Clube do Malte possui uma área exclusiva para as cervejas American Pale Ale, além de um e-book sobre os segredos do lúpulo e diversos posts destrinchando e explicando sobre as variações do estilo IPA.

  • ”American IPA: conheça mais sobre o estilo também chamado de APA”, pessoal, há um equívoco nessa informação, correto? American IPA não é chamado de APA, ou se é, qual fonte vocês usam? 

    • Lívia, obrigado pela mensagem. Realmente existiu um equívoco, já estamos atualizando as informações. O correto é ”American IPA: conheça mais sobre o estilo que também FOI chamado de APA”. Isso porque antigamente antes de existirem as IPAS os americanos já produziam cervejas amargas, no perfil das IPAS, porém sem utilizar a nomenclatura.

Deixe uma resposta