Great American Beer Festival

01/12/2017 - Notícias

302 visualizações

Great American Beer Festival

Avelar Júnior

Sommelier de cervejas direto da terra do Tio Sam

Mais de 800 cervejarias servindo mais de 3800 cervejas diferentes. Se você não encontrar nada que te agrade, definitivamente, cerveja não é o seu tipo de bebida. Mas, se por outro lado, você curte esta mistura de malte, lúpulo, água e levedura, o Great American Beer Festival é o seu parque de diversões.

Mais conhecido pelas siglas GABF, este é um dos maiores festivais de cerveja do mundo, localizado em uma das mecas das cervejas artesanais. A cidade de Denver, no Colorado.

Se você tem planos de, algum dia, ir em um festival de cerveja nos Estados Unidos, pode colocar o GABF no topo da sua lista. Você sairá de lá com dois sentimentos opostos. O primeiro, de satisfação pelas belas cervejas que irá experimentar. E o segundo, de frustração pelas tantas outras que não terá fígado suficiente para beber. Mas, para isso, sempre existe o ano que vem.

Eu fui, pela primeira vez, em outubro deste ano e a experiência superou todas as expectativas. Não somente pelo festival em si, mas também pelo belo estado do Colorado.

O primeiro Great American Beer Festival foi em 1982 e desde lá o festival mudou bastante. Afinal, no início dos anos 80, os Estados Unidos tinham pouco mais de 100 cervejarias e hoje são mais de 5 mil. O fundador, Charlie Papazian, além de ser responsável pelo sucesso do GABF, é também um dos pioneiros e grandes líderes do movimento das cervejas artesanais americanas. Todos têm direito ao seu momento macaco de auditório e eu aproveitei o meu para tirar uma foto com o Charlie e sua esposa brasileira, Sandra. Um casal finíssimo.

Um festival como esse sempre lança tendências e a revista Draft identificou quatro bem relevantes este ano.

  • Sour ales mais balanceadas, com menor nível de acidez.
  • Boas Pilsners. Algumas (fechem os olhos, puristas) com uso de milho.
  • Cervejas envelhecidas no barril. Uma prática antiga que tem se espalhado para mais estilos.
  • New England IPAs. O estilo que definitivamente conquistou a América. Eu bebi NEIPA até do Texas.

Outros destaques do Great American Beer Festival, que eu achei particularmente interessantes foi uma cervejaria americana com raízes brasileiras e a experiência de ter bebido a melhor IPA do mundo. Mas esses são assuntos para as próximas colunas.  Até lá.

Cheers 😉

Cerveja no Café da manhã? 

Deixe uma resposta