Deus da Carnificina – 100 minutos de verdade

23/06/2016 - Prazeres Correlatos

630 visualizações

Deus da Carnificina – 100 minutos de verdade

Douglas Salvador
Fundador e CEO do Clube do Malte. Amante de viagens, cinema, charutos, tenis e claro, cerveja.

Dois garotos de 11 anos brigam na saída da escola. Um deles, num momento de descontrole, acerta o amigo na cara com um pedaço de galho. Horas depois, seus pais tocam a campainha da casa do amigo com o objetivo de se desculpar e conversar sobre o fato. E aí começa um filme divertido, inteligente e, muitas vezes, denso. A civilidade vai se transformando em descontrole a medida que cada personagem vai chegando ao seu limite.

Deus da Carinificina é a prova viva de que é possível fazer um excelente filme sem um orçamento milionário. Ao contrário. O orçamento praticamente não existe. O filme inteiro passa em uma só locação – na sala de um apartamento. Os atores aparecem com o mesmo figurino.

É um daqueles filmes com uma fórmula infalível: um puta roteiro com excelentes atores. Os quatro, diga-se de passagem, estão perfeitos nesse filme. Tão perfeito quanto a adaptação do Polanki a um roteiro originalmente feito para o teatro.

Os críticos de cinema bombardearam o filme devido ao seu caráter teatral. Para mim, são 100 minutos de verdade. Assista. Vale muito a pena!

Aproveita e pega aquela cerveja preferida para curtir o filme.

Já assistiu a esse filme? Conte pra gente, nos comentário, o que achou.

Deixe uma resposta