Como degustar uma cerveja artesanal – confira o passo-a-passo

24/05/2018 - Degustações e Reviews, Momento Cervejeiro

2.708 visualizações

Como degustar uma cerveja artesanal – confira o passo-a-passo

Fred Banionis
Homebrewer, sommelier de cerveja e produtor audiovisual. Amante de harmonizações e caçador de novas experiencias.

Seguindo nossa série de artigos sobre degustação, agora é a vez de conhecermos mais sobre a experiência em si. A degustação de cerveja artesanal trabalha com cada um dos nossos sentidos e é importante usá-los todos para ter a melhor e mais completa experiência possível.

Confira aqui 4 Dicas sensoriais para uma melhor degustação de Cerveja Artesanal!

Visual: Olhe bem para o copo, de preferência contra a luz. Qual é a cor de sua cerveja? Ela é turva ou cristalina? Brilhante ou opaca? Tem sedimentos na cerveja? Sobre a espuma, ela tem uma boa formação? Retém por muito tempo ou baixa logo após servida? Qual a cor da espuma, sua textura?

Olfato: Hora de cheirar sua cerveja! Aqui é importante citar alguns pontos-chave: qualquer coisa com odores fortes pode comprometer essa parte da análise: como um perfume forte demais; copos e canecas de alumínio, que podem dar a falsa sensação de oxidação;segurar um lápis na mesma mão do copo enquanto se analisa pode passar uma falsa sensação de amadeirado; um ambiente como uma cozinha, cheia de temperos ou com o jantar sendo preparado, irá destruir sua experiência!

Paladar: Essa é a parte que mais gostamos, não é? Mas será que paramos para analisar o que tomamos? Então dedique um bom tempo aqui.Com goles pequenos, deixe a cerveja preencher a boca e realmente sinta seu sabor,seja enquanto ela ainda está na boca ou o residual (após engolir, o que sobra de paladar?). Tente puxar de sua memória associativa  paladares que lembrem momentos de sua vida, alimentos e bebidas que já tenha provado.

Tato: Como é? É para enfiar o dedo dentro da cerveja? Não, não! Nossa língua é rica em músculos e por isso tem um tato muito sensível! É possível sentir a diferença de textura entre a alta carbonatação de uma Brutt e o aveludado de uma Barley Wine por exemplo. A cerveja escorrega por sua boca, ou é áspera conforme a engole?

Gostou das dicas? Temos outras te esperando aqui! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O seu Blog da Cerveja Artesanal

O blog cervejeiro Cerveja de Todos os Jeitos foi criado por nós aqui do Clube do Malte com o objetivo de afunilar nosso vínculo com nossos leitores e trazer o melhor conteúdo sobre cervejas artesanais, estilos de cerveja, curiosidades, diferenças com a cerveja comum e notícias do mundo cervejeiro. Nosso objetivo é construir a maior e mais engajada comunidade de apaixonados por cerveja do Brasil, e acreditamos que o conhecimento é o primeiro passo para isso acontecer. Aqui é um espaço dedicado para falarmos sobre esta bebida milenar e nos aprofundarmos neste universo tão complexo, porém maravilhoso, que é o das cervejas especiais.
Com um leque tão grande de possibilidades entre os diferentes tipos de cerveja. Contudo, neste blog de cerveja você encontrará os mais variados assuntos e temas relacionados ao cenário cervejeiro do Brasil e do mundo. Aqui você encontrará conteúdos sobre harmonização com cerveja, roteiros cervejeiros, tudo sobre as mais famosas marcas de cerveja, entrevistas com cervejeiros e especialistas, homebrewing com dicas para cervejeiros caseiros, processo de produção de cerveja, entre vários outros no qual trabalhamos com toda dedicação e carinho para te deixar sempre bem informado e antenado. E tem mais, o que acha de ser nosso repórter cervejeiro e aparecer em nossa revista e aqui no Blog?
É simples, envie um e-mail para revista@clubedomalte.com.br com suas dúvidas sobre cervejas, ou dicas de conteúdos que gostaria de ver na revista e no blog. Ou ainda faça indicações de destinos cervejeiros que gostaria de compartilhar com os demais leitores, basta fazer um post em seu Facebook ou Instagram com a #meudestinocervejeiro contando sobre o seu destino preferido, ou se preferir, envie um e-mail para nós, que você poderá ser o repórter cervejeiro do mês. Cheers!