Como um leiteiro fez reviver a Witbier, estilo morto na segunda guerra mundial

30/06/2016 - Cervejarias, Estilos de Cerveja

3.749 visualizações

Como um leiteiro fez reviver a Witbier, estilo morto na segunda guerra mundial

Vinicius Stanula
SEO, tomador de bera e aprendiz da arte suave nas horas vagas

Vamos falar de um dos mais reconhecidos rótulos de cerveja no mundo: a cerveja Hoegaarden. A história da cerveja, que é sinônimo de Witbier, começa em 1445, quando a Bélgica ainda era parte integrante da Holanda, formada por uma série de colônias. Essa era a exata época em que europeus viajavam rumo às Índias em busca de novos temperos, o que fez com que especiarias, como o cravo, chegassem às mãos de monges fabricantes de cerveja na cidade de Hoegaarden.

Registros históricos indicam que as cervejas de trigo eram extremamente azedas, até que os monges de Hoegaarden passaram a adicionar algumas novidades à receita, como cascas de laranja e coentro, trazido diretamente de Curaçau, na época, colônia Holandesa. Essa foi a descoberta que mudou o mundo da cerveja, transformando a Witbier em uma bebida leve, de alta drinkability.

Witbier-HoegaardenEssa transformação mudou também o clima na vila de Hoegaarden: em 1709, a cidade já contava com mais de 12 cervejarias, número que aumentou para 36 em pouco mais de 15 anos. Nessa mesma época, Hoegaarden já tinha mais de 110 espaços para o armazenamento de malte. Toda essa popularidade da Witbier acabou junto com a Segunda Guerra Mundial. Em 1957, a última cervejaria da região fechou, colocando um fim da venda do estilo. Para a nossa sorte, em 1965, habitantes da região resolveram tomar uma atitude para preservar a receita original.

Pierre Celis, um leiteiro da cidade, começou a fabricar a bebida dando a ela o nome da região, marca utilizada até hoje. Até a década de 80, a cervejaria cresceu exponencialmente, época em que a produção já superava a marca de 75.000 hectolitros de cerveja por ano.

Quando Celis estava prestes a começar a exportação para os Estados Unidos, um enorme incêndio destruiu a fábrica, que foi reconstruída posteriormente. Hoje, além do sucesso mundial do rótulo, 9 a cada 10 cervejas de trigo vendidas na Bélgica são da marca Hoegaarden.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog cervejeiro Cerveja de Todos os Jeitos foi criado por nós aqui do Clube do Malte com o objetivo de afunilar nosso vínculo com você e trazer o melhor conteúdo sobre cervejas artesanais e seus métodos de produção, curiosidades e notícias do mundo cervejeiro.
Nosso objetivo é construir a maior e mais engajada comunidade de apaixonados por cerveja do Brasil, e acreditamos que o conhecimento é o primeiro passo para isso acontecer.
Contudo, neste blog de cerveja você encontrará os mais variados tipos de assuntos e temas relacionados ao cenário cervejeiro do Brasil e do mundo. Aqui voc ê encontra conteúdos sobre harmonização com cerveja, roteiros cervejeiros, tudo sobre as mais famosas marcas de cerveja, entrevistas com cervejeiros e especialistas, homebrewing, estilos de cerveja, entre vários outros no qual trabalhamos com toda dedicação e carinho para te deixar sempre bem informado e antenado.
Cheers!