A inspiração e inovação da cervejaria Bodebrown

19/02/2020 - Notícias

417 visualizações

A inspiração e inovação da cervejaria Bodebrown

Ana Paula Komar
Jornalista, apaixonada por história, curiosa por culturas e apreciadora de boas cervejas!

Com uma boa dose de inspiração, inovação e espírito revolucionário, a cervejaria Bodebrown se tornou em uma das mais famosas do Brasil. A marca conquistou o respeito dos cervejeiros e a admiração e confiança dos consumidores.

Visto que todas as suas cervejas são preparadas com ingredientes de primeira qualidade, adquiridos com os melhores fornecedores nacionais e importados, o resultado não poderia ser outro que não o sucesso.

A história da cervejaria começou em 2009, fundada pelo pernambucano Samuel Cavalcanti, hoje um grande nome do ramo cervejeiro, e pela paranaense Andrea Cordeiro Pinto. Aliando conhecimento técnico e administrativo dos sócios, a Bodebrown inaugurou sua produção com a cerveja Wee Heavy, mostrando logo de cara que não viriam para brincar.

Pioneira no Brasil em estilos como Imperial IPA, Wee Heavy, Black Rye IPA, Hop Weiss e cervejas envelhecidas em madeira, a cervejaria produz hoje aproximadamente 56 tipos de cerveja e cerca de 36.000 litros da bebida por mês.

“Acho que temos que navegar sempre em novos mares, como se fossemos um descobridor de coisas”, fala Samuel Cavalcanti fundador e proprietário da cervejaria Bodebrown. Com a nova fábrica a meta é aumentar a produção em 300%, passando para cerca de 110 mil litros por mês e mais de 100 rótulos no portfólio.

E por que Bodebrown?

A primeira parte do nome Bodebrown é uma homenagem à família de Samuel que, há mais de 200 anos, é criadora de bodes no interior de Pernambuco. O “brown” vem de James Brown. Segundo Samuel, ele ligou para sua avó para consultá-la sobre o nome que daria à cervejaria. Ela o orientou a buscar suas raízes.

Ao desligar o telefone estava tocando no rádio a música “I Feel Good” de James Brown. Ele e seu irmão, que estava junto naquele momento, uniram os nomes e então surgiu uma das marcas mais conhecidas entre as cervejarias brasileiras: Bodebrown. Uma história curiosa, não?

Cervejaria escola

A Bodebrown é a primeira cervejaria escola do país, pela qual já passaram mais de seis mil alunos. Ela promove regularmente cursos de produção de cerveja, harmonização e degustação de cervejas com profissionais renomados. Sua sede ainda possui uma biblioteca com mais de 200 títulos sobre cerveja, disponíveis à quem tiver interesse.

Bodebrown pelo mundo

A marca possui uma linha de cervejas produzidas em colaboração com outras cervejarias em diferentes países, como Stone Brewing (EUA), Adnams (Inglaterra), Caledonian (Escócia), Doppio Malto (Itália), O’dell (EUA), Hargreaves Hill (Austrália), New Belgium (EUA), Baird (Japão), Devils Peak (África do Sul) e Primus (México).

A última grande ação da Bodebrown com outras cervejarias foi a sua participação na grande operação colaborativa mundial de produção de cerveja, representando a América do Sul. O projeto contou ainda com a participação da Baird (Japão), New Belgium (EUA), Primus (México), Adnams (Inglaterra) e Devils Peak (África do Sul). Juntos criaram a cerveja Bicycle Kick Kölsch, produto que já esteve presente em mais de 40 países.

Conquistas da marca

Extremamente reconhecida, a Bodebrown é uma das cervejarias mais premiadas da América do Sul — praticamente cada um de seus rótulos já recebeu alguma premiação, seja nacional e também internacional.

Dentre suas principais conquistas estão as Quatro Medalhas de Ouro no Mondial de La Bière do Rio de Janeiro, em 2013; Troféu Gary Shepard, como maior revelação do Australian International Beer Awards (AIBA), em Melbourne, Austrália em 2012; e Bicampeã Brasileira do Festival Brasileiro da Cerveja em Blumenau, Santa Catarina, em 2013 e 2014.

“Para nós, os prêmios consagraram o bom posicionamento do produto. Mas nossa intenção não é ganhar medalha. O objetivo é saber como está o produto e qualificá-lo para poder melhorar. Eu busquei os julgamentos para de fato saber se o que estamos fazendo tem fundamento e se estamos no caminho certo”, afirma Samuel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O seu Blog da Cerveja Artesanal

O blog cervejeiro Cerveja de Todos os Jeitos foi criado por nós aqui do Clube do Malte com o objetivo de afunilar nosso vínculo com nossos leitores e trazer o melhor conteúdo sobre cervejas artesanais, estilos de cerveja, curiosidades, diferenças com a cerveja comum e notícias do mundo cervejeiro. Nosso objetivo é construir a maior e mais engajada comunidade de apaixonados por cerveja do Brasil, e acreditamos que o conhecimento é o primeiro passo para isso acontecer. Aqui é um espaço dedicado para falarmos sobre esta bebida milenar e nos aprofundarmos neste universo tão complexo, porém maravilhoso, que é o das cervejas especiais.
Com um leque tão grande de possibilidades entre os diferentes tipos de cerveja. Contudo, neste blog de cerveja você encontrará os mais variados assuntos e temas relacionados ao cenário cervejeiro do Brasil e do mundo. Aqui você encontrará conteúdos sobre harmonização com cerveja, roteiros cervejeiros, tudo sobre as mais famosas marcas de cerveja, entrevistas com cervejeiros e especialistas, homebrewing com dicas para cervejeiros caseiros, processo de produção de cerveja, entre vários outros no qual trabalhamos com toda dedicação e carinho para te deixar sempre bem informado e antenado. E tem mais, o que acha de ser nosso repórter cervejeiro e aparecer em nossa revista e aqui no Blog?
É simples, envie um e-mail para revista@clubedomalte.com.br com suas dúvidas sobre cervejas, ou dicas de conteúdos que gostaria de ver na revista e no blog. Ou ainda faça indicações de destinos cervejeiros que gostaria de compartilhar com os demais leitores, basta fazer um post em seu Facebook ou Instagram com a #meudestinocervejeiro contando sobre o seu destino preferido, ou se preferir, envie um e-mail para nós, que você poderá ser o repórter cervejeiro do mês. Cheers!