Old school das cervejas

24/09/2018 - Notícias

585 visualizações

Old school das cervejas

Avelar Júnior
Sommelier de cervejas direto da terra do Tio Sam

 

Pense em algumas loucuras que você faria por cervejas. Coisas como viajar mais de 300 quilômetros para achar aquela cerveja que não se encontra em lugar nenhum (Hill Farmstead). Levar a sua esposa (que não toma cerveja), no aniversário de casamento, para um destino cervejeiro (Dogfish Head, em Delaware). Levar a sua sogra (que também não toma cerveja) para uma linda cidade no litoral, mas sem mencionar que teríamos que ficar numa fila de uma de suas cervejarias favoritas (Bissell Brothers).

Sim. Eu já fiz algumas destas aventuras e outras mais. Sempre em busca da última novidade e da mais nova cervejaria no pedaço. Mas, às vezes, é hora de mudar o foco e olhar para trás.

Marcas consagradas que eu gosto de apreciar de tempos em tempos.

Samuel Adams Boston Lager. Essa foi a primeira cerveja artesanal que eu experimentei, 16 anos atrás. E logo percebi que existia algo diferente das light lagers, em copo sujo eu costumava beber. A experiência foi em um restaurante japonês em Providence-Rhode Island. Uma cerveja que, definitivamente, não é a melhor harmonização para um prato de sushi. Mas em 2002 eu não tinha a menor ideia de que existia harmonização de cerveja e comida.

>>> Conheça a Samuel Adams! E adicione na sua lista de cervejas curtidas <<<

Sierra Nevada Pale Ale. Eu bebi essa cerveja pela primeira vez ao pé da serra que dá o nome à cervejaria. Em uma viagem na Califórnia, em outubro de 2007, eu cruzei a famosa Sierra Nevada, no trajeto da cidade de Lone Pine até o parque nacional Yosemite. Uma nevasca inesperada (justificando o nome da serra) atrasou a minha chegada ao parque, mas possibilitou que eu apreciasse essa bela cerveja em um típico motel americano de beira de estrada.

>>> Tem Sierra Nevada também! <<<

Essas duas cervejas foram a minha porta de entrada no mundo das cervejas artesanais. Logo em seguida vieram a Dogfish Head Palo Santo Marron, a Harpoon UFO e outras que eu gostaria de falar mais. Mas isso é assunto para encher um livro. Antes que a editora Ana Paula Komar puxe a minha orelha por fazer um texto muito longo, eu passo a bola para você.

Pensou em quais foram as suas primeiras cervejas artesanais?

Esteja atento às novidades, mas não esqueça de visitar as velhas amigas de vez em quando.

Cheers 😉

Curtiu o texto? Veja 10 curiosidades sobre cervejas que separamos pra você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog cervejeiro Cerveja de Todos os Jeitos foi criado por nós aqui do Clube do Malte com o objetivo de afunilar nosso vínculo com você e trazer o melhor conteúdo sobre cervejas artesanais e seus métodos de produção, curiosidades e notícias do mundo cervejeiro.
Nosso objetivo é construir a maior e mais engajada comunidade de apaixonados por cerveja do Brasil, e acreditamos que o conhecimento é o primeiro passo para isso acontecer.
Contudo, neste blog de cerveja você encontrará os mais variados tipos de assuntos e temas relacionados ao cenário cervejeiro do Brasil e do mundo. Aqui voc ê encontra conteúdos sobre harmonização com cerveja, roteiros cervejeiros, tudo sobre as mais famosas marcas de cerveja, entrevistas com cervejeiros e especialistas, homebrewing, estilos de cerveja, entre vários outros no qual trabalhamos com toda dedicação e carinho para te deixar sempre bem informado e antenado.
Cheers!