Que tal conhecer museus de queijos?

24/11/2019 - Prazeres Correlatos

138 visualizações

Que tal conhecer museus de queijos?

Lorenza Coelho
Jornalista , especialista em comunicação empresarial e amante de queijos. Por onde passa, gosta de conhecer e apreciar essa iguaria. É também editora-chefe do Portal do Queijo.

Quem ama queijos sabe o quanto é delicioso conhecer os diversos tipos, histórias e processos de fabricação dessa iguaria. Imagine então encontrar pelo mundo museus de queijos? Por isso, aproveitando o período de férias, preparei um roteiro com alguns museus do queijo, partindo de Medeiros, em Minas Gerais, até as cidades europeias.

Museu Queijo Canastra

Localizado em Medeiros, um dos municípios integrantes do Circuito da Serra da Canastra, em Minas Gerais, a 286 km da capital Belo Horizonte, o Museu do Queijo de Medeiros começou a ser implantado após a reforma do prédio do antigo Matadouro Municipal, com recursos da Prefeitura de Medeiros e da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

>> Aprenda a Harmonizar queijo com chocolate <<

Museu do Queijo de Pêraboa – Covilhã

Situado a apenas 14 km da Covilhã, em Portugal, você encontrará o interessante Museu do Queijo. Este museu permite ao visitante conhecer o processo de fabricação de um dos melhores queijos do mundo –  o Pêroboa, iguaria apreciada e reconhecida internacionalmente. Por meio de um percurso real e recursos de multimídia, o visitante pode conhecer o ambiente que envolve a arte e o processo de fabricação artesanal do queijo da Serra, bem como as técnicas e os utensílios utilizados ao longo dos tempos para confeccionar esta iguaria. Neste espaço museológico é ainda possível conhecer as características do queijo de ovelha Kosher, produzido em Pêraboa segundo os preceitos da religião judaica.

Museu do Queijo de Amsterdã

Localizado em Amsterdam, na Holanda, este museu conta um pouco da história dos queijos da região. O queijo holandês tem mais de 600 anos de tradição e, por isso, nada mais justo que ter um museu totalmente dedicado a ele. No edifício de dois andares é possível conhecer os diferentes tipos de queijos, muitos deles com nome de cidades da Holanda: Gouda, Edam, Leerdammer, Leyden, Maaslander e Maasdam. Entre os itens expostos, o destaque fica por conta do cortador de queijo mais caro do mundo, com diamantes incrustados e valor aproximado de € 26 mil (cerca de R$ 80 mil). Na parte subterrânea do museu, ficam expostas as peças mais antigas utilizadas nas queijarias holandesas para a fabricação do Gouda: na coleção encontram-se formas de madeira, liras, latões de leite, prensas, balanças usadas no tradicional mercado holandês, além dos famosos acessórios Boska, desenvolvidos especialmente para o corte de queijos, enfim, várias peças que contam a história do desenvolvimento da indústria queijeira na Holanda.

Vale do Emmen

Localizado a cerca de 100 km e a uma hora de trem de Bern, na Suíça, a cidade de Affoltern é o destino perfeito para os apaixonados por queijo. Lá pode-se acompanhar todo o processo de produção do emmental, o famoso queijo suíço com furos, em visitas autônomas ou em grupos que custam entre € 2 a € 10 — com direito a passar pela experiência de produzir, no fim da visita, um queijo fresco. Os visitantes primeiro conhecem o Küherstock, ou Stöckli (prédio residencial), construído em 1741. Pode-se ver como o queijo era feito manualmente no século XVIII, sob um fogareiro e com utensílios artesanais. Os grupos podem agendar com antecedência uma visita com fabricação do queijo pelo método tradicional. Por outro lado, quem for à pequena cidade do Vale do Emmen poderá visitar também uma linha de produção mais moderna do queijo, em cozinhas e fornos industriais. E acompanhar todas as etapas, desde a preparação do leite, a criação das rodas e a maturação do queijo — com explicações sobre a formação dos famosos buracos, que devem ter tamanho de moedas de 20 centavos a dois francos, ou entre 0,9 e dois centímetros.

 Museu do Queijo de Alkmaar

Localizado no segundo e terceiro andares da casa de pesagem de Alkmaar (Holanda), o Museu do Queijo Holandês foi criado para explicar a produção de queijos, sua história e seu lugar na cultura do país. A construção era originalmente uma capela, mas foi transformada na casa de pesagem ao longo dos séculos e hoje é casa de pesagem e museu. A fama dos queijos da Holanda é mais antiga que a fama de suas tulipas. O museu foi fundado para preservar a história da produção regional de queijo, a despeito do advento da produção em fábricas.

Fábrica de queijos – La Maison du Guyères Fromagerie

Localizado na cidade de Gruyères, na Suíça, a fábrica de queijos possui visitações que ocorrem em vários horários ao longo do dia. Os visitantes acompanham por janelões de vidro todo o processo de fabricação e podem até degustar um pedacinho de um dos queijos mais famosos do mundo. Seu sabor é pronunciado, e a cor amarela. Quando mais novo é mais macio e suave. Seu preparo pode levar de 3 a 10 meses.

Quer saber mais sobre queijos? Confira tudo no Portal do Queijo!

 

Double de Cerveja Kross Golden

Compre 1 Leve 2

de R$ 39,80
por R$

19,90

Comprar

* Ao clicar em comprar você será redirecionado para a página do produto em nossa loja.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O seu Blog da Cerveja Artesanal

O blog cervejeiro Cerveja de Todos os Jeitos foi criado por nós aqui do Clube do Malte com o objetivo de afunilar nosso vínculo com nossos leitores e trazer o melhor conteúdo sobre cervejas artesanais, estilos de cerveja, curiosidades, diferenças com a cerveja comum e notícias do mundo cervejeiro. Nosso objetivo é construir a maior e mais engajada comunidade de apaixonados por cerveja do Brasil, e acreditamos que o conhecimento é o primeiro passo para isso acontecer. Aqui é um espaço dedicado para falarmos sobre esta bebida milenar e nos aprofundarmos neste universo tão complexo, porém maravilhoso, que é o das cervejas especiais.
Com um leque tão grande de possibilidades entre os diferentes tipos de cerveja. Contudo, neste blog de cerveja você encontrará os mais variados assuntos e temas relacionados ao cenário cervejeiro do Brasil e do mundo. Aqui você encontrará conteúdos sobre harmonização com cerveja, roteiros cervejeiros, tudo sobre as mais famosas marcas de cerveja, entrevistas com cervejeiros e especialistas, homebrewing com dicas para cervejeiros caseiros, processo de produção de cerveja, entre vários outros no qual trabalhamos com toda dedicação e carinho para te deixar sempre bem informado e antenado. E tem mais, o que acha de ser nosso repórter cervejeiro e aparecer em nossa revista e aqui no Blog?
É simples, envie um e-mail para revista@clubedomalte.com.br com suas dúvidas sobre cervejas, ou dicas de conteúdos que gostaria de ver na revista e no blog. Ou ainda faça indicações de destinos cervejeiros que gostaria de compartilhar com os demais leitores, basta fazer um post em seu Facebook ou Instagram com a #meudestinocervejeiro contando sobre o seu destino preferido, ou se preferir, envie um e-mail para nós, que você poderá ser o repórter cervejeiro do mês. Cheers!