Harmonização de cervejas com comida de rua

17/09/2019 - Receitas e Harmonizações

337 visualizações

Harmonização de cervejas com comida de rua

Carlos Henrique Kruschewsky
Psicólogo, psicanalista, presidente do Dragornia Moto Club, Beer Sommelier, Homebrewer e Sócio da Dragornia Cervejaria.

Em qualquer lugar do país, é inevitável não esbarrar em barracas vendendo todo tipo de coisa e de músicas para todo gosto. Levando em conta ainda o crescente mercado de comida de rua, decidi falar sobre isso.

Não é muito difícil andar por aí, em qualquer época do ano, e encontrar bancas pelas calçadas vendendo comida das mais variadas (aqui na Bahia estamos acostumados a encontrar uma Baiana de acarajé em cada esquina).

Em minha cidade há uma banquinha, de frente ao ponto de ônibus mais movimentado, que vende coco queimado e caramelado em açúcar há mais de 30 anos. Comida de rua não é novidade. Entretanto, nos últimos anos, o negócio tem crescido bastante. Conheça um pouca da história desse tipo de negócio e não deixe de conferir as nossas sugestões de harmonização!

Caminhões de comida

Assim como o movimento do “faça você mesmo”, que trouxe de volta as cervejas artesanais (The Craft Beer Renaissance), os food trucks vêm se tornando cada vez mais populares.

Food trucks são um modelo de negócio bastante lucrativo, atualmente, e embora estes restaurantes itinerantes já façam parte da paisagem de nossas cidades, eles foram criados por Charles Goodnight em Nova York.

Percebendo a dificuldade que tinham os condutores de charretes e carruagens em se alimentar, Charles adaptou um caminhão militar para levar comida a essas pessoas. Seguindo esta grande ideia não demorou até que outros carros enchessem as ruas de NY servindo principalmente as pessoas que deixavam o trabalho à noite.

Exemplo de food truck servindo comida de rua.

Deste ponto até hoje, quase dois séculos e meio depois, muita coisa mudou. Temos food trucks dos mais simples aos mais requintados, vendendo todo tipo de cardápio, oferecendo todo tipo de conforto.

O Brasil está bastante atrasado nessa tendência. Somente há pouco tempo a comida de rua foi liberada em São Paulo, ganhando até legislação própria e normas adequadas, aproximando esse modelo de serviço ao que já se encontra atuante em países como EUA, França, Inglaterra Japão, China, Coréia, Tailândia, Rússia, Portugal e Índia.

Então, fiz um levantamento dos principais alimentos vendidos em food trucks para você plugar seus fones de ouvido, comer seu lanche favorito e harmonizá-los com extraordinárias cervejas!

Harmonizações de cerveja com comida de rua

Cachorro-quente

Alimento tradicional dos Estados Unidos, é feito com pão, salsicha (e é importante que o pessoal de Curitiba entenda que o nome é salsicha, igual o personagem do Scooby-Doo. Esse negócio de vina está errado e todo mundo sabe disso 😄), e condimentos. É um tipo de comida de rua extremamente famosa no mundo inteiro. Aqui vamos harmonizá-lo com uma Altbier. Cerveja tradicionalmente alemã, amarga, mas bem equilibrada entre dulçor de malte e lúpulo, com notas de nozes e aromas florais.

Tacos

Comida tradicionalmente mexicana. Trata-se de uma tortilla de milho moldada para receber todo tipo de recheio. O mais tradicional é com carne moída, pimenta jalapeño, queijo cheddar, tomate e azeitonas. Harmonizaremos o prato com uma cerveja tradicional inglesa, a Premium Bitter. O amargor médio-alto desta cerveja vai contrastar bem e atenuar a picância da pimenta, além de colaborar com o caramelo do maltado. 

Sushi e sashimi

Tradição em qualquer lugar que venda comida oriental, esses pratos são de origem japonesa. O shushi é um bolinho de arroz, coberto com peixe ou frutos do mar crus ou cozidos. Já os sashimis são fatias de peixe ou frutos do mar consumidos crus com molho shoyu ou wasabi. Aqui vamos de Witbier juntando Bélgica e Japão. Uma cerveja menos intensa como essa vai acrescentar excelentes notas de casca de laranja e semente de coentro aos sabores delicados da culinária japonesa.

Macarrão

Um prato tradicional da culinária italiana. Aqui vamos levar em conta uma arrebatadora massa a bolonhesa. Costumamos ver excelentes massas harmonizadas com excelentes vinhos, mas me desculpe minha amiga Fabiane Moraes (sommelier de vinhos), aqui vamos harmonizá-la com Bohemian Pils, uma Lager de estilo alemão que vai contribuir bastante com notas que remetem a miolo de pão, cereais e suave floral de lúpulo.

Espero que aproveitem as dicas. Cheers!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O seu Blog da Cerveja Artesanal

O blog cervejeiro Cerveja de Todos os Jeitos foi criado por nós aqui do Clube do Malte com o objetivo de afunilar nosso vínculo com nossos leitores e trazer o melhor conteúdo sobre cervejas artesanais, estilos de cerveja, curiosidades, diferenças com a cerveja comum e notícias do mundo cervejeiro. Nosso objetivo é construir a maior e mais engajada comunidade de apaixonados por cerveja do Brasil, e acreditamos que o conhecimento é o primeiro passo para isso acontecer. Aqui é um espaço dedicado para falarmos sobre esta bebida milenar e nos aprofundarmos neste universo tão complexo, porém maravilhoso, que é o das cervejas especiais.
Com um leque tão grande de possibilidades entre os diferentes tipos de cerveja. Contudo, neste blog de cerveja você encontrará os mais variados assuntos e temas relacionados ao cenário cervejeiro do Brasil e do mundo. Aqui você encontrará conteúdos sobre harmonização com cerveja, roteiros cervejeiros, tudo sobre as mais famosas marcas de cerveja, entrevistas com cervejeiros e especialistas, homebrewing com dicas para cervejeiros caseiros, processo de produção de cerveja, entre vários outros no qual trabalhamos com toda dedicação e carinho para te deixar sempre bem informado e antenado. E tem mais, o que acha de ser nosso repórter cervejeiro e aparecer em nossa revista e aqui no Blog?
É simples, envie um e-mail para revista@clubedomalte.com.br com suas dúvidas sobre cervejas, ou dicas de conteúdos que gostaria de ver na revista e no blog. Ou ainda faça indicações de destinos cervejeiros que gostaria de compartilhar com os demais leitores, basta fazer um post em seu Facebook ou Instagram com a #meudestinocervejeiro contando sobre o seu destino preferido, ou se preferir, envie um e-mail para nós, que você poderá ser o repórter cervejeiro do mês. Cheers!